[caption id="" align="aligncenter" width="650"]Veículo Cruze roubado em Camacã. (Foto: Rastro101) Veículo Cruze roubado em Camacã. (Foto: Rastro101)[/caption]

Uma ação rápida da Polícia Militar de Itagimirim, realizada na noite da última quarta-feira (17), resultou na prisão de Cleto Damasceno Veloso, 23 anos, natural de Belmonte, e na apreensão de dois menores, suspeitos de envolvimento no roubo de dois veículos, que foram recuperados durante a ação.

De acordo com a polícia, um veículo havia sido tomado de assalto, por volta de 20h30, no município de Camacã, no sul da Bahia. O grupo teria teria abordado o proprietário do veículo, um modelo Cruze, em frente ao Banco do Brasil, e levado como refém no porta malas do veículo.

[caption id="" align="aligncenter" width="640"]Ladroes de carro Cleto Damascento (direita), disse que é filho de um ex-prefeito de Belmonte. Ele e dois menores roubaram dois veículos nesta quarta-feira. (Foto: Rastro101)[/caption]

Na fuga pela BR-101, o pneu do veículo estourou e os assaltantes pararam para fazer a troca. O refém foi liberado neste momento e foi obrigado a correr para dentro da vegetação. Após seguir viagem em direção à Eunápolis, outro pneu do Cruze acabou estourando e eles tiveram que abandonar o veículo próximo à um posto de gasolina em Itagimirim. Policias que receberam o aviso chegaram no posto de gasolina e receberam a informação de que dois deles haviam entrado em um ônibus da Itapemirim que seguia para o Rio de Janeiro, dizendo que o carro deles havia quebrado e que eles precisavam de carona para chegar em Eunápolis. A viatura saiu em busca dos suspeitos que estavam no ônibus, que foi alcançado nas intermediações do Posto Cabral, já em Eunápolis.

[caption id="" align="aligncenter" width="650"]Veículo Tucson roubado de uma empresária em Itagimirim também foi recuperado. (Foto: Rastro101) Veículo Tucson roubado de uma empresária em Itagimirim também foi recuperado. (Foto: Rastro101)[/caption]

No caminho de volta, o veículo passou pelos policiais que já o esperavam. A perseguição começou próximo ao Pesque e Pague e seguiu até o bairro Rosa Neto em Eunápolis, onde houve troca de tiros. O assaltante perdeu a direção do veículo e acabou batendo na calçada e preso pela polícia.

Cleto Damasceno, conhecido por "Galego", tinha três mandatos de prisão em aberto no município de Santa Cruz Cabrália. Ele foi autuado por roubo qualificado. Cleto Damasceno Veloso afirmou que ser filho de um ex-prefeito do município de Belmonte, litoral baiano da Costa do Descobrimento.





VEJA MAIS