As investigações relacionadas ao assassinato do prefeito de Itagimirim, Rielson Lima, no dia 29 de julho, avançaram nesta quinta-feira (14). Uma operação da Polícia Civil comandada pelo delegado especial do Departamento de Polícia do Interior (Depin), Élvio Brandão, tentou entregar intimações para pessoas que serão ouvidas no inquérito, mas ninguém foi localizado.
O atual prefeito Rogério Andrade, o presidente da Câmara dos Vereadores, Júnior Andrade, o produtor rural Sandro Andrade e o empresário do setor de transporte escolar Darlan Lima serão intimados.
De acordo com o delegado, ninguém deve ser preso por enquanto.





VEJA MAIS