Compartilhar:

Governo Temer fracassa e PIB do segundo trimestre será zero

Apesar do arrocho da política econômica do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, projeções de analistas do mercado financeiro apontam que o resultado do PIB devem cair no segundo trimestre, após registrar alta de 1% no primeiro trimestre deste ano; resultado oficial só sai na próxima sexta-feira, mas levantamento com 12 instituições financeiras, consultorias e economistas aponta que cinco deles avaliam que a expectativa é que a retração fique entre 0,1% e 0,5%; outros quatro esperam crescimento zero

29 29UTC agosto 29UTC 2017 Às 09:35

Agência Brasil

As projeções de analistas do mercado financeiro apontam que o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) devem cair no segundo trimestre, após registrar alta de 1% no primeiro trimestre deste ano. Apesar do resultado oficial ser divulgado apenas na próxima sexta-feira, um levantamento feito pelo portal G1 com 12 instituições financeiras, consultorias e economistas aponta que cinco deles avaliam que a expectativa é que a retração fique entre 0,1% e 0,5%. Outros quatro esperam crescimento zero e três avaliam uma alta entre 0,1% e 0,2%.

Nesta segunda-feira (28), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, havia estimado que o resultado do PIB do 2º trimestre deveria se situar “próximo do equilíbrio”, ou seja, um crescimento pequeno, próximo de zero. O Brasil registrou crescimento de 1% no primeiro trimestre, após 8 trimestres de reduções consecutivas. O principal fator de impulso no período foi o agronegócio, que gralhas à supersafra de grãos cresceu 13,4%.

expectativa atual é que o resultado do 2º semestre apresente um crescimento mais diversificado entre os diversos setores da economia, com destaque para o de serviços, que deverá registrar o primeiro resultado positivo após nove trimestres seguidos de queda. O consumo das famílias também deverá registrar crescimento após nove trimestres de queda.

Fonte: Brasil247

Compartilhar:

AVISO: O conteúdo de cada comentário nesta página é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.