Compartilhar:

Fazenda da família de Geddel volta ser ocupada por indígenas no sudoeste da Bahia

Propriedade em Itapetinga já havia sido invadida por índios, em 23 de setembro deste ano.

27 27UTC dezembro 27UTC 2017 Às 08:31

fazenda da família de geddel

Fazenda Esmeralda havia sido invadida em setembro deste ano

Uma fazenda que pertence à família do ex-ministro Geddel Vieira Lima, na cidade de Itapetinga, sudoeste da Bahia, foi ocupada por indígenas, no fim da tarde dessa última segunda-feira (25). A propriedade é a mesma que já havia sido ocupada em setembro deste ano.

De acordo com a Polícia Civil, cerca de 30 indígenas invadiram a Fazenda Esmeralda, localizada na zona rural de Itapetinga, e ordenaram que os funcionários saíssem. Os índios afirmam que a terra é sagrada e pedem a demarcação da área.

Ainda segundo a polícia, agentes foram encaminhados ao local para manter a segurança, enquanto os proprietários do imóvel entram com o pedido de reintegração de posse junto à Justiça. Ninguém ficou ferido na ocupação.

No fim de setembro deste ano, duas fazendas da família de Geddel, uma em Itapetinga e outra em Potiraguá, foram ocupadas por indígenas e integrantes do Movimento Livre da Terra.

As fazendas foram desocupadas em 6 de outubro. Oficiais da Justiça cumpriram mandado de reintegração de posse, acompanhados de forças militares. A reintegração, contudo, ocorreu de forma pacífica. Já a Fazenda Tabajara, na cidade de Potiraguá, foi desocupada voluntariamente, sem registro de conflitos. 

Fonte: G1BA

Compartilhar:

AVISO: O conteúdo de cada comentário nesta página é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.